O RIO QUE O RIO NÃO VÊ é finalista de prêmio nacional do IPHAN

Capa_ORIOQUEORIONAOVE_baixissimaInscrita no Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade 2013, promovido nacionalmente pelo IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – e já em sua vigésima-sexta edição, a pesquisa O RIO QUE O RIO NÃO VÊ: A ORNAMENTAÇÃO DA FACHADA CARIOCA foi escolhida pela Superintendência Estadual do órgão no Rio de Janeiro para representar o Estado como finalista na categoria “Patrimônio Material: Bens Imóveis e Paisagens Naturais e Culturais”. A divulgação da pesquisa premiada ocorreu ontem, 14 de agosto, e entre os 7 candidatos finalistas terminou agraciada a pesquisa realizada pelo Laboratório de Conservação, Restauração e Reabilitação (LACORE), do Pará, intitulada “Coleta, Catalogação, Higienização e Montagem de Fragmentos de Azulejos da Residência Victor Maria da Silvada”.

Leia aqui a íntegra da matéria: http://portal.iphan.gov.br/portal/montarDetalheConteudo.do?id=17810&sigla=Noticia&retorno=detalheNoticia

Anúncios

2 Comentários

  1. Parabéns! É merecido!

    Curtir

  2. peregrinacultural · · Responder

    Parabéns!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: