Os mosaicos de vidro do MNBA

AVENIDA RIO BRANCO, 199

ANTIGA ESCOLA NACIONAL DE BELAS ARTES
PROJETO ORIGINAL DE ADOLFO MORALES DE LOS RIOS, 1906
ATUAL MUSEU NACIONAL DE BELAS ARTES

18 MOSAICOS EM PASTILHAS DE VIDRO | 1906-08
EXECUTADOS POR FELIX GAUDIN (1851-1930) SEGUNDO DESENHO DE RAPHAEL FREÏDA (1877-1942)

Nas fachadas das ruas Heitor de Melo e Araújo Porto Alegre encontram-se em perfeito estado de conservação 18 mosaicos retratando a imagem em corpo inteiro de 16 gênios da cultura universal, pintores, arquitetos e teóricos que mais influenciaram a arte clássica em todos os tempos, além de duas representações de ferramentas de trabalho do artista. Os mosaicos da Rua Heitor de Melo, da esquerda para a direita do observador, representam: as ferramentas do gravador, Juan Agustín Ceán BERMÚDEZ, Francesco MILIZZIA, Eugène VIOLLET-LE-DUC, Vincenzo SCAMOZZI, Francisco PACHECO, Charles BLANC, Giorgio VASARI e Marcos VITRÚVIO Polião. Na fachada da Rua Araújo Porto Alegre, também da esquerda para a direita, são eles: LEONARDO DA VINCI, Giacomo Barozzi da VIGNOLA, Johann Joachim WINCKELMANN, François MANSART, JUAN DE ARPHE y Villafañe, John RUSKIN, Leon Battista ALBERTI, Henri-Marie Beyle (dito STENDHAL) e finalmente as ferramentas do pintor.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: