Arquivo da tag: o rio que o rio não vê; rua buenos aires 164; rua uruguaiana 145; rua da alfândega 7; praça da república 92; praça da república 94; rua sete de setembro 135; fachada; símbolos gráficos; tradi

De olho na seguradora

Dizem que o bom historiador deve ter um olho no padre e outro na missa. Outro dia estava eu, que ainda estou longe de ser um bom historiador, pesquisando sobre um prédio no centro da cidade – sobre o qual ainda pretendo publicar -, quando me deparei com uma informação para lá de interessante. Durante […]

OS OLHOS QUE TUDO VÊEM

Como já escrevemos aqui[1], são inúmeros os exemplos de construções na cidade que trazem em suas fachadas referências aos símbolos gráficos da tradição franco-maçônica. Dentre os mais conhecidos está um curioso pentagrama envolto por raios de luz e em cujo centro está um grande olho humano. O símbolo – maçom por excelência – é chamado […]