Arquivo da tag: biblioteca nacional

As Compoteiras Cariocas

Olá, amigos! Não sei se já contei para vocês, mas ando meio apaixonado pela Hemeroteca Digital da Biblioteca Nacional. Lá se acha de tudo! O difícil é concentrar-se na pesquisa inicial, tamanho é o número de matérias interessantes que se vai encontrando pelo “caminho”… Pois bem. “Folheando” recentemente a edição de número 4 da Revista […]

VISITA GUIADA DE 16 DE ABRIL | NEW GUIDED TOUR!

Prezados amigos e amantes do Rio, Olá! No dia 16 de abril próximo – um sábado, como sempre – farei a vigésima-primeira visita guiada da série O RIO QUE O RIO NÃO VÊ. A visita se chamará De Valentim a Tiradentes. Após longa ausência e a pedidos, voltaremos à área do Passeio, da Cinelândia e […]

VISITA GUIADA DE 19 DE DEZEMBRO | NEW GUIDED TOUR!

Prezados amigos e amantes do Rio, Olá! No dia 19 de dezembro próximo – um sábado, como sempre – farei a última visita guiada do ano, a vigésima-primeira da série O RIO QUE O RIO NÃO VÊ. Após longa ausência e a pedidos, voltaremos à área do Passeio, da Cinelândia e do Largo da Carioca. […]

Visita guiada de 13 de julho

Prezados amigos e amantes do Rio, No próximo dia 13 de julho, sábado, às 10h, estarei realizando mais uma visita guiada pelo RIO QUE O RIO NÃO VÊ, em mais um novo roteiro, desta vez incluindo: o Automóvel Club do Brasil, a Escola de Música da UFRJ, o Passeio Público, a Cinelândia e seu conjunto […]

Biblioteca Nacional

AVENIDA RIO BRANCO, 219 BIBLIOTECA NACIONAL, PROJETO DE HECTOR PÉPIN, 1905-1910 ATRIBUIÇÃO A FRANCISCO MARCELINO DE SOUZA AGUIAR BAIXO-RELEVO EM BRONZE EXECUTADO SEGUNDO MAQUETE DE 1908 DE MODESTO BROCOS Y GÓMEZ (1852-1936) | 1910 C. Nas páginas anteriores está o monumental frontão da Biblioteca Nacional. Ao centro do tímpano, de pé sobre uma tribuna, uma […]

Escola de Música da UFRJ

RUA DO PASSEIO, 98 ANTIGA BIBLIOTECA NACIONAL ATUAL ESCOLA DE MÚSICA DA UFRJ PROJETO DE FACHADA DE CIPRIANO LEMOS, 1919 AUTOR DESCONHECIDO | ALTO-RELEVO EM ARGAMASSA | 1922 C. Simetricamente dispostos entre si e faceando os três arcos elevados da fachada repousam despojadamente três casais que representam alegorias da Música e do Conhecimento. No primeiro […]