Arquivo da tag: 1906

A ITALIANA QUE PERDEU A CABEÇA!

Olá, amigos! Na Praça da República há um belo prédio, sobre o qual sempre tive vontade de escrever. Estivesse ele em melhores condições e teria certamente entrado em meu primeiro livro, O RIO QUE O RIO NÃO VÊ, lançado em 2012. Trata-se da sede da Societá Italiana di Beneficenza e Mutuo Soccorso, que em sua […]

O “novo” prédio do Real Gabinete Português de Leitura

Perdoem-me os meus parcos leitores, mas só agora dou-me conta de uma falha imperdoável nessa minha pobre e combalida coleção de postagens: a ausência de um texto sobre a fachada do Real Gabinete Português de Leitura! Pois bem, corrijo-me hoje, e peço desculpas pela distração. O edifício “novo”[1] do Gabinete Português de Leitura, associação que […]

AINDA O MNBA: OS 8 BAIXOS-RELEVOS EM TERRACOTA DE CUNHA E MELLO

Olá, amigos! Está já vai ser a quarta postagem sobre a riquíssima decoração externa do Museu Nacional de Belas Artes, localizado na Avenida Rio Branco, 199, no Centro. O projeto original do museu, de Adolfo Morales de los Rios, previa 8 nichos para a colocação de esculturas relativas às grandes civilizações da Antiguidade, abaixo das […]