A POLÊMICA MARQUISE

Monstro de cimento armado. Papagaiada indigna. Inesperada, pesada e atrevida no seu todo de concreto.

Foi assim que os jornais da época se referiram à portada do então novo prédio do Clube de Engenharia, no número 124 da Avenida Rio Branco, projeto de 1947 do arquiteto francês radicado em São Paulo Jacques Pilon (1905-1962). O edifício recebeu o nome do engenheiro e político Edison Passos, presidente do clube em cuja gestão o prédio foi construído.

Confesso que sempre olhei para aquela portada com curiosidade. Por que motivo, exatamente, teria o arquiteto projetado aquela “marquise”, se nem funções de marquise a peça tinha?

Pesquisando sobre o arquiteto Pilon, autor de projetos absolutamente originais não só no Rio de Janeiro (Maison de France, Hospital Pedro Ernesto e tantos outros) bem como em São Paulo (antiga sede do jornal O Estado de São Paulo, Biblioteca Mario de Andrade e tantos outros), deparei-me com as matérias da Revista Manchete, do Diário Carioca e da Tribuna da Imprensa, todas de 1953, tratando da tal “marquise”. Nelas, o arquiteto Pilon pode justificar-se que, não querendo fugir à tradição arquitetônica falante tão própria aos ecléticos, quis transmitir, através da tal “marquise”, algo sobre as potencialidades e o domínio da Engenharia sobre os materiais. Nas palavras do arquiteto, “não foi bem uma marquise que eu concebi. Quis incluir no meu projeto alguma coisa que se assemelhasse a um brasão, a um pálio, alguma coisa que representasse a expressão mesma do concreto”.

Pois bem, caros leitores, está explicado. E convenhamos: nesse universo de construções horrendas que a cidade do Rio de Janeiro está cada vez mais entulhada – está aí o Forum, que não me deixa mentir -, até que este “monstro de cimento armado” concebido pelo grande arquiteto francês não faz assim tão feio, né?

Um adendo: recorri ao Google Street View para mostrar a “atrevida” marquise, já que não sei onde foi parar a minha foto. Quando eu a encontrar, prometo, substituo.

Por hoje é só.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: